Dance Comigo

A (35)

   Dance comigo amor, dance comigo antes que o dia amanheça, me permita senti-lo outra vez, me permita acreditar que nada mais mudara. Gosto do seus braços me mantendo junto a ti, da sua voz em meu ouvido, e da maneira como me conduz neste salão. Faz o mundo parecer tão simples, como se só fosse preciso esquecer o que nos  machuca, mas meu amor, dói saber que pode partir, então, por favor, dance o comigo esta noite, me puxe para perto e me faça acreditar que sim, pode ser mais fácil se estivermos juntos.

   Estou aqui para dizer, estou apaixonada por você, e sentir é algo que nunca havia feito, então, por favor, beije-me durante esta dança. Deixe-me apoiada em seu peito, preciso ouvir seu coração, pois cada batida me torna mais viva, quero sentir, que seu perfume agora está em mim, enquanto giramos neste salão.

  Faça-me perceber que seus olhos estão em mim, isto é tão necessário quanto respirar, anjo, me faz saber que está aqui.  Posso sentir o desejo em seus olhos, então te abraço mais forte e me entrego à canção, é inevitável não estar contigo aqui. E quando a musica acabar, prometa-me que não é nosso fim.

Tayná Bravin

Anúncios

Sempre foi amor

11377248_902259956498772_3579854052693133578_n

   Eu tenho uma paixão, que me leva ao limite, suga tudo de mim, mas apesar disso,  é pura e constante, e com todos seus altos e baixos, é sempre paz, é sempre amor. É um amor de infância, recheados de fases, brincadeiras e brigas. Uma comédia romântica, que ri e chora ao mesmo passo, que parte e volta pro mesmo abraço, que se eterniza no sorriso infantil.

   Esse amor é cuidado, é ciumes e tem seus exageros, mas é real e insubstituível. Esse amor que toma por exemplo, que tira por base, que briga por proteção. Esse amor que ama na dificuldade, na alegria e na tristeza, na saúde e mais ainda na doença, esse amor que desespera, briga e corre em socorro em questão de tão poucos segundos, um amor tão primitivo e tão maduro, uma obrigação prazerosa, amiga, deliciosa.

   Tão diferente, das banalidades, é um romance pra vida inteira, um filme repetitivo, que a gente não o cansa de ver. Esse amor que tá no sangue, mesmo quando o mesmo sangue não corre em todos. Esse amor de irmãos.

Tayná Bravin

A história de um amor

image

Amor

Os olhos dela o perfuravam,  o mundo caia em volta, e os dois, nem ao menos percebiam. Mantinham – se entregues um ao outro, vivendo uma história única,  que nem um filme jamais retratou.  Ah, estavam apaixonados, estavam sim, incapazes de encontrar paz longe dos olhos do outro, uniam suas mãos,  suas bocas e seus corações, e tinham apenas um objetivo,    amar intensamente.

Veja bem, ele lhe recitava os mais belos poemas, e ela, lhe fazia juras de amor. E no fim, eram os dois, no banco da praça, o vento que corria frio, aconchegada em seus braços, as horas pareciam não passar. E mais uma vez, nada mais ousava existir, eram o momento, o toque suave, o abraço apertado.

E quando os olhos se fechavam, lá estava o sorriso, e eram incapazes de traduzir, qualquer parte do que sentiam, a cada lembrança, juravam, sentiam outra vez.

Era noite, a lua cheia a encantar os apaixonados, eram dois, eram um. E eles dançavam, ao som de sua música, passos pequenos e vagarosos, apoiada em seu peito, ouvia lhe o coração a bater, e a cada passo, agradeciam por estar ali. Sorrisos frouxos e a lentidão ensinando a encantar.

Ah, eles se amavam, amavam sim, um ao outro, a sua história, o que eram juntos. Amavam como loucos. Amavam e conquistavam, a cada dia, uma nova história para chamar de sua. Amavam, e o amor que construíram, era melhor que nos livros, era real. E o fim desta história, não existe,  ainda  amam.

Tayná Bravin

Rosa Seca

roses-316749_640
Rosa Seca
   Uma rosa seca, foi tudo o que restou, suas pétalas, antes tão vermelhas e vibrantes, agora caem roxas e amargas, não perdeste seu encanto, agora mais sóbrias, mórbidas talvez, guardam meus longos dias. 
   Uma única rosa, que as paginas de um livro mantiveram quase que intacta através do tempo, tem em si o segredo de uma historia mais bela. Ainda lembro, o dia que chegaste até minha mãos, recordo me bem do sorriso que lhe ofereci em resposta, talvez o mais sincero de toda uma vida. Não foi a rosa, mas seu significado que me conquistou, pois mais que a rosa, foi teu gesto, mais que o momento, a lembrança. 
   Estranhamente, são as coisas mais simples que me encantam, esta rosa, um olhar, um sorriso espontâneo, a essas coisas não ouso resistir, me entrego, pois são esses detalhes que quebram o gelo, que atravessam a alma, prendendo-se a memoria, tornando-se válvula de escape para os dias ruins. 
Tayná Bravin

Um Fim Necessário

usada (46)
Um fim necessário

     Investimos em um grande amor, vencemos, pois de qualquer maneira é preciso um sentimento muito forte para unir duas pessoas por tanto tempo. Conseguimos até aqui, mas tudo um dia chega ao fim. Isso me assusta, mas não me destrói, me empurra pra frente. 
     Descobri, que não faltou amor, faltou tudo, mas ele esta aqui, de pé, firme e ferido. Enquanto nada mudava diante dos meus olhos, uma guerra era travada dentro de mim, tudo que havia por dentro se quebrava, tanta dor transbordava silenciosamente durante as madrugadas, e eu me calei tentando conte-la. Meu pior erro ou quem sabe a mais sabia decisão, pois completamente sozinha, fui capaz de me redescobrir. 

     Duvidei assim do que sentia, ignorei e busquei em mim os últimos vestígios de esperança, me agarrei a todos aqueles sonhos que criamos, lembrei-me, todos os dias, que voltaria, mas não foi suficiente, uma hora tudo acaba, toda construção desaba, e meu mundo inteiro foi ao chão. Um fim necessário, pois apesar do amor, eu já não era inteira.
     Mudei, cresci, entendi. Precisei seguir em frente, por mim, eu me escolhi.
Tayná Bravin

Só Ele

TayTay (11)
Só Ele
Existe nele, algo que me fascina, talvez seja o olhar que me prende ou o sorriso que me acalma, deve ser algo em sua voz ou em sua expressão alegre e cansada que me permite confidenciar qualquer coisa, ele tem algo que me encanta, alguma coisa entre a determinação do homem e a ansiedade do menino, talvez sejam suas palavras doces ou a voz manhosa de quem tem sono.
Há algo de muito especial nele, algo no modo como me segura e na maneira com que me olha, pois quando ele chega, o mundo inteiro se reduz a nada, e assim descubro, o que ele tem é paz, contudo, ele diz que está paz está comigo, retorno assim ao inicio, pois está nele o que preciso, termino sem maiores respostas, pois é ele, a força dele, o carinho dele, a presença dele, que resgata o melhor de mim. 
 Tayná Bravin

Te quero

usada (44)
Te Quero
    Te quero, com todos os seus exageros, sua ansiedade, seus receios. Quero, quando estiver cansado, deitar sua cabeça em meu colo e te ouvir falar do seu dia. Te quero, com a mesma alegria de uma criança ao receber um presente e com a mesma intensidade de uma mulher apaixonada.
   Quero seus olhos em mim ao cair da noite, sua voz sonolenta em meus ouvidos, quero seu perfume, seu beijo, essa paz, que vem em seu sorriso, quero seu estresse, pra te olhar de cara feia, e suas brincadeiras, pra me manter viva. Busco esse amor, que guardas no peito, pois também quero seus sonhos, me tornar parte deles, o que sei meu amor, é que te quero por inteiro, sem virgulas, do jeito que és.
   Ah meu menino, quero esses seu olhar confuso a espera de respostas, quero desesperadamente seu abraço apertado me protegendo, seus cuidados, sua força e sua determinação. Quero cuidar de você, antes mesmo de aprender a cuidar de mim, quero te empurrar para frente, segurar sua mão. Me deixa te fazer feliz. 
                                                                                                                                           
                                                                                                                             Tayná Bravin

Mau Rapaz

HomensSenhorita (6)
Meu Mau Rapaz

    Ele surgiu, sorrateiro, lendo meus pensamentos. Quem pensa que é, me decifrando assim, desvendando meus mistérios pelo olhar. Tão igual a mim, semelhanças que chegam a assustar. Quem vê de fora, não entende, o que aquele olhar é capaz de causar. Tantas palavras, confundem-me, calando-me, surpreendendo-me.
    Mas quem é ele, os mesmo gostos, os mesmos passatempos e os mesmos pensamentos, igual a mim, tão igual que chego a acreditar que o conheço, cada palavra, cada frase, cada gosto. És incrível. Fazes piada de tudo, mas no fundo, se fores como eu, tem sentimentos sérios guardados ao fundo do peito.
    Disseste que sou perigosa, e meu perigo está no olhar, que não me entregam, mas me denunciam. Sou sorrateira, e percebo em ti boas doses de liberdade, liberdade que me atrai, que me desafia. Pois somos iguais, meu mau rapaz.

Tayná Bravin

Eu amo você

usada (8)
Eu amo você
    Acho que finalmente encontrei nosso caminho, e você nem ao menos sabia que eu andava procurando, o encontrei quando virava em uma esquina violenta da vida, inexplicável, eu sei. Tantas turbulência colocaram em cheque os sentimentos mais fortes que haviam em mim. Troquei o velho livro por uma folha em branco, eu estava enjoada das mesmas velhas palavras,  já conhecia aquela historia tão de cor que resumia toda uma vida em uns poucos minutos. Mas quando revirei todas as minhas estruturas,  abandonei todos os meus ideais, joguei fora tudo o que não me servia e por fim, dei um ponto final a diversas historias. Uma delas, foi a sua, a nossa.
    Coloquei um torto ponto final, e como todas as outras irregularidades em mim, você permaneceu, sorrateiro. Confesso que, não sabia aonde coloca-lo, a única certeza era que não queria tira-lo de mim também. O queria por perto, mas havia um problema, eu já não fazia parte de nossa historia, para mim, era um livro que não mais leria. Aonde se encaixaria então alguém tão especial , quando sua historia não me pertencia mais . 
    Você nunca soube que uma guerra era travada dentro de mim, pequenas batalhas tomavam conta de cada parte do meu corpo, dominavam minha mente e por fim, me calavam como que por decreto, sobre está, permanece a ordem de silencio absoluto, o descumprir da regra, resulta em fins definitivos. Como uma boa menina que nunca fui, atendi a está necessidade, um pouco de silencio e espera, haveriam de me fazer bem. 
    Por muito tempo encarei o papel em branco, e apenas agora, sinto que posso recomeçar essa historia. Partindo da parte boa, uma lacuna que permaneceu entre tantos escombros, assombrosamente eu nunca havia percebido, que eu jamais o reencontraria por fora, apenas o bom amigo que outrora fora poderia se reconectar a mim, apenas saindo da escuridão chamaria sua atenção, e assim, o ter por perto.
    Começo a escrever neste papel com a mesma palavra batida de antes, amizade, a principal razão de ainda me entender e a única forma de nos reconectar muitas e muitas vezes. Encontrei nela o que fez eu me apaixonar por você anos atras, sem saber, lhe falar me fez sentir. E que seja dita a coisa mais importante que preciso lhe dizer, eu amo você.

    Não mergulharemos em mares de rosas, pois me tornei o espinho, apenas entenda que eu não sei quem sou  e que  você também não me conhece mais. Eu não sei aonde quero chegar, nem posso explicar tantas mudanças, mudei e me tornei alguém completamente diferente, alguém que você nunca viu.  Sei que isso soa assustador, e para ser sincera, tem me aterrorizado noite e dia . Você precisa ter certeza que pode lhe dar com isso, se partir, qualquer vestígio de quem já fui um dia partira com você.  Bem ou mal, eu não sei, meu novo ser se esqueceria.

Tayná Bravin