Pois Tudo Mudou

c1

Mas acabei por ferir a mim mesma

  Havia algo puro e verdadeiro, mas as coisas mudam, não tão de repente e não tão facilmente, foi difícil no começo e é estranho agora. Tudo mudou, e agora me assusta esse vazio, esse mundo vazio, essa sensação. Sempre desejei ser fria, sempre desejei não confiar, sempre acreditei que pessoas assim evitam magoas. Mas acabei por ferir a mim mesma, estar sozinha trás um medo diferente que faz a gente conhecer nossos monstros.

  Quando a gente olha para dentro e vê que nossa casa esta caindo, está desabando, buscamos por algo familiar e percebemos que tudo se perdeu. Em meio aos escombros há um velho baú que o desespero nos faz abrir, e lá dentro reside tudo que nos assusta e nos perturba a alma. Aquele medo de criança de se perder dos pais transformou-se no medo de perder a si mesma, estamos perdidos e os monstros que criamos nos prendem no quarto escuro e vazio.

  Buscamos então um caminho para voltar, mas já não existimos, pois tudo mudou. É preciso se reinventar, construir um novo plano, criar novos sonhos. Esse é um dos caminhos mais difíceis que passamos na vida, perguntas sem resposta, amores sem volta, pessoas sem vida, e a gente tentando ser alguém num mundo que não é de ninguém.   

Tayná Bravin

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s