Guarda Minhas Palavras

large
  Acontece que todas essas palavras levaram um pouquinho de mim, lagrimas caíram sobre o papel nas horas mais escuras. Eu escrevia enquanto a chuva caia lá fora e escrevo agora que o dia amanhece. O papel entende as entrelinhas, sem resposta, sem julgamentos…  Guarda minhas palavras sem usá-las contra mim.
  E apesar de meus olhos dizerem tudo que você precisa saber,é nas palavras que o mundo encontra a chance de me conhecer de verdade,os segredos que não vêem em meus olhos estão em alguma entrelinha das historias que conto. Do amor ao ódio há muitos sentimentos, lhe contei todos eles, do meu jeito.
Tayná Bravin
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s