Qualquer Especie de Inferno

j

Qualquer Especie de Inferno

 Mente quem diz, que o inferno é um só, que esta abaixo da terra, e qualquer erro lhe tem como destino. Este inferno, pode existir, pode estar lá e ter formas especificas de adquirir uma passagem, mas certamente, não a esse que ei de me referir. O pior inferno que conheço, esta dentro de nós, são alimentados por nós, nos prendem a correntes grossas, queimão nos a alma, agitam nossos corpos, preenche-nos de breu.

 Estão lá, ocultos, dentro de cada ser, alguns maiores que outros, alguns mais ignorados que outros, mas estão lá, para quem cair em suas armadilhas. Para quem se entregar as lamurias, para quem não suportar o fardo de viver, fogem para dentro de si, mas este é um labirinto perigoso, pode te levar a um total estado de paz ou á desgraça.

  Outro tipo de inferno é o que vem de fora, é este o caminho mais certo para o de dentro, não generalize, alguns tem mais paz que outros e escapam facilmente, mas existem aqueles, que gostam da dor, a fazem companhia, e por fim, se tornam instrumento dela. Este inferno é construído pelos fatores, pessoas, dores, dificuldades, grades e uma lista infinitas de arrependimentos. Nós bem sabemos que frases de auto ajuda não funcionam, e que quem cai em desgosto caminha cada vez mais para dentro, só há uma maneira de sair, e é querer, é lutar, arrancar as correntes, fácil de falar se não viu, para o inferno há muitas portas de entrada e poucas de saída.
O portal mais secreto está nas lembranças, pois a cada vez que retornam trazem olhos amargos de quem sabe ferir, os olhos, a passagem direta para o inferno dos outros, onde a inveja, a vaidade e as altas quedas para a mentira constroem o ser perfeito para espalhar sua doutrina,  o egoismo, a dor, e por ultimo, mas nada menos importante o ódio. Os olhos, o inferno que apavora almas puras, coíbe as indecisas e alia-se silenciosamente a outros demônios. A passagem para a verdade, tendo o poder de enganar, mas para lhe ser sincera, abusando um pouco da realidade que os infernos do mundo escondem com tanto pudor, só não vê essa porta quem pelo corpo escolheu se enganar.
Ironias, risadas, um espelho quebrado, você comanda seu inferno ou ele comanda você?

Tayná Bravin

Anúncios
Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s